sábado, 28 de agosto de 2010

O diabo ainda cita as escrituras ou má interpretação...

* Filipenses 4:13  tudo posso naquele que me fortalece.

* Isaías 53. 4 Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si;

Usei esses dois textos para falar um pouco do que está acontecendo dentro de muitas igrejas. Não é de hoje que meu coração bate forte quando estou ouvindo alguém citando de forma desordenada, e sem compromisso com o cristianismo alguns textos  para justificarem práticas, e métodos, onde o que fala mais alto é o dinheiro e a vaidade humana. Esses dois textos são clássicos,  o primeiro é usado para defender  que somos super-crentes, e o outro para anunciar que não podemos passar por doenças.   Bom uma de minhas dúvidas sempre foi essa: Seria apenas má interpretação de texto, ou novamente o diabo anda citando as escrituras como fez com Jesus na tentação do deserto, lembram? Não? Vou refrescar sua memória: Mateus 4. 6 e lhe disse: Se és Filho de Deus, atira-te abaixo, porque está escrito: Aos seus anjos ordenará [...] bom vou falar sobre esses dois temas em poucas palavras.

Má interpretação de texto, esse é um dos pontos mais repensados por mim. O que tenho acompanhado de pessoas despreparadas, sem nenhuma leitura mais aprofundada, e na maioria das vezes influenciadas por ditos “grandes pregadores” que estão  ocupando espaços em muitos púlpitos para pregar, ensinar e dirigir o rebanho de Deus, está um pouco fora de controle. Não sei até quando Deus permitirá isso, mas tenho certeza que ele vai deixar ir bem longe, posso dizer baseado em alguns momentos na história do próprio cristianismo, citando como exemplo o inicio da igreja enfrentando por alguns anos os judaizantes, e outros afim. Poderia ainda citar o caso do legalismo dentro de muitos templos nossos, um problema que passa seus 40 anos, e as vezes percebo que está longe de acabar...

A má interpretação tem corrompido pessoas, grupos, e até mesmo igrejas inteiras. Adotam uma postura onde o dito “evangelho”, agrada gregos e troianos, citando apenas o homem como centro de suas mensagens, pois tem que agradar a massa popular para que depois da reunião, todos possam lisonjear o dito intérprete (pregador, palestrante etc.), e sua mensagem. Elogiar até não há problema, o problema são as manobras que eles usam, digamos imaginação para poder chegar ao ponto chave da mensagem, vale tudo, de achar possíveis mistérios, até mesmo interpretações de termos no original para poder comprovar aquilo que ele diz, mesmo não sabendo ler uma letra em hebraico e grego. Mas o final é sempre  o mesmo, reuniões terminadas em êxtases, e muita, mas muita espiritualidade e sentimentos “aflorados” sobre todos os membros da igreja, e se não sentir nada, há alguma coisa errada.

O diabo ainda citando as escrituras para os crentes? Essa é uma pergunta que me faz parar, sim eu escrevi isso mesmo. Bom há vários casos na bíblia registrando o "infeliz"  citando e interpretando a palavra de Deus. Poderia começar falando sobre seu ato com o primeiro casal no Éden, onde ele assim o faz; da mesma forma foi tentar nosso Senhor citando e interpretando, lógico todas às vezes distorcendo a mesma. E o que isso tem a ver com a igreja hoje? Muito, quando me converti acreditava como a grande maioria que o “dito cujo” (risos),  ficava se defendendo da oração dos crentes, a pelo menos um raio de 10 km de distancia da igreja, e por um bom tempo acreditei nessa bobagem, até eu começar a esfriar na fé (estudar teologia - risos) e depois de muito pensar, repensar, pensar... entendi que as vezes ele está muito próximo de nós, e pasmem, ajudando muitos pregadores a “decodificar” a bíblia.  Bom, influencia é sempre distanciar o povo da verdade, isso ele faz facilmente, mascarando a verdade com um falso moralismo, ensinando o povo que nossos cultos tem que estar a volta de sentimentos, e temos que sentir a presença de Deus (e isso vale tudo), os cultos tem que ser extravagantes, onde o ego dos ouvintes precisa ser elogiado, a ponto de sentir bem aquela noite, e lembrar que não deve nenhum compromisso a Deus, a não ser se ele sentir. Poderíamos citar sobre as famosas idéias onde mais vale a oferta dada do que o sacrifício de Jesus. Não está satisfeito? Bom posso dizer ainda das manipulações onde tentam conduzir o povo a uma falsa conversão, aplicam métodos afim de conduzir a Cristo. Bom não sou contra os métodos, o problema é quando se aplica, e esquece da Palavra e  da ação do Espírito de Deus, pois é ele quem convence o homem do pecado da justiça e do juízo. Assim começam a criar um grupo de “cristãos” dependente do material e das bênçãos sem nenhum fruto a apresentar ao reino de Deus.

Para terminarmos gostaria de escrever um pouco sobre a interpretação e pregação bíblica (não métodos de interpretação):


             I.      O Alvo é conduzir os homens à Cristo: toda a interpretação que não tiver como alvo principal a anunciação de Cristo, duvide.

          II.      Condenar o pecado: precisamos entender que as escrituras assim o condenam veemente, e não estou falando de moralismo não, é aquilo que está dentro de você, e não consegue se libertar, o orgulho, a cobiça, a luxuria, as inimizades e outras mais (Gálatas 5.16-21).

       III.  Levar o povo a um compromisso com Deus: quando falo sobre isso digo que é criar uma consciência de renuncia e pregação do evangelho ao ouvinte, as interpretações não podem apenas estar baseadas no amor próprio, onde tudo que faço está em meu beneficio.

       IV.    Conduzir o povo a defender as verdades: escrevo de verdades defendidas e faladas, o problema é que defender a verdade custa muito caro às vezes, perde-se ibope, somos injuriados e por aí vai..



Enfim, devemos retornar sim a  interpretação onde Cristo está no centro...


Retornamos

DK

9 comentários:

  1. É TUDO QUE TODOS OS CRISTÃOS EVANGÉLICOS PRECISAM SABER PARA NÃO ENTRAREM EM VENTOS DE VÃS DOUTRINAS, CRIADAS PELO HOMEM...

    ResponderExcluir
  2. Recomendo novamente:

    http://www.ante-cinema.com/2009/12/critica-%c2%abagora%c2%bb-um-filme-epico/

    ResponderExcluir
  3. Néia e Samuel, obrigado pela participação, Grande amigo Guilherme, gostei da dica, shown mesmo!!

    ResponderExcluir
  4. Jonathan da Silva Manoel31 de agosto de 2010 21:46

    Muito Interessante e uma grande verdade muitas veses esquecida por parte da igreja que esta sendo na maioria das veses levada por doutrina de homens que deturpam a palavra de Deus sem temor nenhum, mas tudo qualquer virgula ou um A que falarem a mais ou toda e qualquer alteração da Palavra de Deus estes hão de prestar contas diante de Deus.
    Abraço Daniel
    Que todos possam ter o entendimento que para ministrar a palavra tem que haver muito temor porque é a Palavra de Deus.
    Abraço Deus abençõe

    ResponderExcluir
  5. meu amigão, Jonathan, fiquei feliz por ver vc lendo meu blog. Obrigado

    ResponderExcluir
  6. Tadeu Jair Pereira1 de setembro de 2010 10:11

    Meu amigo e colega teólogo Daniel Kock, eu já sabia que você tinha o senso crítico, bastante aguçado, porém, estas verdades precisam sempre ser compartilhadas, como você o faz agora. Existe atualmente, um sentimento de que se não vive o "espiritual", ou melhor, se não houver uma simples "meninice", então o espírito não falou. Mas às vezes, estamos sendo manipulados violentamente, por falsos pregadores, "ai meu deus", basta falar com a aparência de alguns que andam por nossas igrejas "manipulando" e outros dirigentes incautos, sem examinarem a profundidade, a veracidade, e a concordância junto a inerrância bíblica, aplaudem como se pregar o evangelho, fosse verdadeiramente um show business. O Senhor Jesus Cristo, afirmou que deixaria estes crescerem, ou seja, também o joio e no momento correto,os ceifaria, pois não são trigo. Portanto, devemos acreditar nas promessas feitas, que são infalíveis e continuar orando, para que os demais ainda possam se arrepender e voltar ao verdadeiro evangelho, que é a fonte de conversão, por obra do Espírito Santo, em virtude da Palavra Verdadeira, somente ela tem de operar e o Poder do Pai se aperfeiçoar em nossos corações. Continue firme, você é um vaso valoroso para o Nosso Grandioso Deus. Um abraço fraternal do Tadeu Jair Pereira
    Em 01 de Setembro de 2010 - 10:00

    ResponderExcluir
  7. Deus te abençoe, Daniel! Não tenho certeza, mas penso que é o Pb. Daniel da AD-Tubarão, que recentemente concluiu o Curso de Teologia.
    Como disse Samuel no primeiro comentário,: "Na mosca!"
    E depois vêm as pessoas falarem mal da internet!!! Como é que nós seríamos reforçados naquilo que julgamos já ter entendido, se os que mais entendem não exteriorizarem o que pensam?
    Continue!!! Ocupe na Internet os mesmos espaços que as bandalheiras têm ocupado. É direito nosso!
    É dever nosso! Jesus ordenou que fizéssemos isso!
    Parabéns!!! Deus te abençoe!

    Walmir Damiani Corrêa
    Igreja Batista Palavra Viva
    Tubarão/SC

    ResponderExcluir
  8. Absoluta verdade. Principalmente onde se refere a manipulações. Tenho convivido com essa realidade. N qual ao invés de disciplinar, corrigir.muitos aceitam q o mundo entre n igreja para não perderem(membros).como muitos se referem ao corpo de CRISTO. Deus abencoe Daniel.

    ResponderExcluir